Evite o sol após a cirurgia plástica


Não é à toa que no outono e inverno aumentem a procura por cirurgias plásticas.
Nos dias mais frios é mais fácil usar as cintas, sutiã e malhas compressivas e também é uma época onde é mais fácil evitar a exposição ao sol.

A indicação é que dependendo do tipo de cirurgia plástica realizada, a paciente fique no mínimo de 60 a 90 dias sem se expor ao sol. Isso porque, quanto mais cedo as cicatrizes forem expostas ao sol, mas tendem a ficar escurecidas e avermelhadas que a longo prazo podem apresentar aumento de espessura.
Outro motivo para respeitar o período sem exposição ao sol é quanto ao aumento da vascularização comum após as cirurgias e que podem ocasionar manchas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *