Cirurgia Estética das Mamas


Cirurgia Estética das Mamas

Mamoplastia de aumento

O procedimento é realizado através da inclusão de implantes mamários (prótese de silicone), associados ou não ao enxerto de gordura nas mamas. Em casos muito bem avaliados é possível realizar o aumento das mamas apenas com lipofilling (enxerto da gordura extraída por lipoaspiração de outras áreas corporais que é injetada após preparo). Clique aqui para saber mais.


Mamoplastia redutora

É a cirurgia de redução das mamas. Na dependência do tamanho da redução, a cicatriz resultando do procedimento pode ser apenas ao redor da aréola (periareolar), periareolar e vertical ou ainda, ​periareolar, vertical e horizontal no sulco inframamário (cicatriz em "T" invertido). 


Mastopexia

É o procedimento de elevação das mamas. Ela pode ser feita apenas com retirada de pele e montagem da glândula ou ainda, associada à inclusão de próteses de silicone. Clique aqui para saber mais.


Tratamento de mamas tuberosas

A mama tuberosa é uma alteração congênita em que a glândula mamária não se desenvolve adequadamente devido a um anel fibrose que se forma em volta das aréolas. Neste caso é necessário um tratamento estético das mamas por meio de um procedimento cirúrgico em que se quebra este anel fibroso seguido da inclusão de implantes mamários (prótese de silicone). Em alguns casos é necessário a complementação do procedimento com enxerto de gordura.